O terroir da Vinícola Raízes do Baú – Fazenda Portal da Luz

Publicado,
porBeatriz

Existem alguns fatores que fazem regiões prosperarem na plantação e colheita de uvas viníferas e outras não.

Além dos fatores naturais, biológicos e geográficos da região, é necessário ter uma equipe de pessoas dedicadas e atentas a compreender todos esses aspectos para extrair o melhor de todos os componentes, considerar as características das uvas plantadas e traduzi-los em vinho.

Existem alguns fatores que fazem de nosso terroir, únicos e especiais e que possibilitam a plantação de uvas viníferas.

Nosso vinhedo está localizado a 1249 metros de altitude acima do nível do mar. As colinas dedicas às fileiras de videiras são face norte, o que significa que ficam expostas à luz e calor solares desde manhã cedo até o por do sol (que inclusive pode ser visto do vinhedo nas montanhas à frente e é um espetáculo à parte). Essa exposição solar das montanhas face norte reduzem o efeito do frio de altitude, pois facilitam a perfeita maturação das uvas e o atingimento do percentual de uvas necessários para fazer a fermentação alcóolica desejada. Sem a montanha face norte na nossa altitude não haveria calor suficiente para fazer nossos vinhos. Nossas fileiras de uvas são perpendiculares à Pedra do Baú e não seguem a curva de nível justamente para máxima exposição das videiras ao sol.

O segundo ponto é nosso solo de rochas basálticas. A área de vinhedo é extremamente rochosa, o que confere aos nossos vinhos mineralidade advinda de solo pedregoso. O basalto ao se juntar ao DNA da nossa Syrah formam aromas e sabores de violetas frescas que só são sentidos nos nossos vinhos.

O terceiro ponto é a secura do inverno e as chuvas de verão. Na nossa Serra da Mantiqueira a chuva é intensa nos meses de verão e todo nosso cuidado é dado para que o impacto desses riscos sejam mitigados e tenhamos pés de uvas saudáveis e devidamente concentrados para um vinho de potência. Para mitigar os riscos de chuvas, granizos e fungos, monitoramos o vinhedo e os índices pluviométricos de perto e constantemente, verificando a salubridade das uvas.

Já no inverno, corremos riscos de geadas devido às baixas temperaturas, sobretudo nas madrugadas. Para isso, cobrimos apenas o vinhedo de inverno, dedicado às uvas Syrah, com um grande plástico para que durante o dia recebam calor e que esse calor seja mantido à noite entre o plástico e o solo, como se fosse uma estufa.

Venha conhecer essa e mais outras curiosidades do nosso terroir no passeio “Tour pelo Vinhedo” que pode ser reservado em https://reservas.fazendaportaldaluz.com.br

Gostou desse conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email